domingo, 2 de janeiro de 2011

00:00

Eu simplesmente não consegui pensar em nada para pedir, talvez porque naquele momento eu não queria nada pensando em mil coisas que poderia ter. Olhei para o céu, vi o colorido dos fogos de artifício e uma lasca do maldito caiu próxima a mim, no que levantei derramei o resto da bebida que me sobrava. Sem problemas, busquei mais depois. E as crianças brincavam na rua como se o último dia do ano fosse o último dia da vida delas, para elas. Só fiquei sentada observando me sentindo normal diante de tanta alegria. Mas a noite caminhou e só acabou ''cedo'' porque certas pessoas não se divertem ao ver os outros se algremente se divertindo, mas tudo bem. Continuamos a festa lá dentro, onde alguns momentos foram gravados em vídeo e fico aliviada em saber que eu não fui a protagonista.
Amanheceu e a ressaca veio junto, bebi água, bebi café e deixei a hora passar, a dor de cabeça foi junto. Fui embora.
Vim para casa caminhando devagar olhando para o chão num clima nublado, caia uma garoa fina que eu teimava em secar com a manga da camisa. E pensei: ''Que merda, porque eu não deixo essa garoa me limpar?''...Deixei.
E agora é tudo novo de novo e vai começar do jeito que estava antes.

3 comentários:

  1. Esse post agora é o meu preferido.
    Sabe Zi, que eu também tentei querer alguma coisa nesse fim de ano, sonhar com um futuro bom, pedir em prece,intimar Deus ou qualquer coisa.
    Eu fiquei vazia de desejos,mas melhor assim,sem expectativas sem frutrações ainda que sonhar seja a coisa mais pura que nós pobres humanos possamos fazer.

    AMEIMIL ESSE POST, PLAGIEI UM FRASE VOU POR NO MSN.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei feliz por você ter gostado J.
    Somos duas e eu de verdade não pensei em nada pra pedir... é verdade o que disse,melhor não criar nenhuma expectativa em certas coisas,ainda que seja uma certeza.
    Pode plagiar... eu te conheço,não irei processa-lá rs.

    ResponderExcluir
  3. Nossa Zi, amei esse textos, assim como amo os outros. E como voce, não soube o que pedir na virada do ano. Estava tão feliz com aquilo tudo que se o tempo parasse ali ja bastava. Um dia antes pensava em mil coisas. mas na hora minha mente congelou e eu só queria festejar, assim como as crianças.

    Beijos s2

    ResponderExcluir