segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Desperdice o peso, aprecie a leveza.

Mas o que seria de nós se não fosse a reclamação pelas coisas das quais estamos insatisfeitos? Não haveria nem um fundo de sentido em procurar melhoras. Mas se a reclamação for infundada, acaba por tornar-se em vão e um problema mal resolvido. E o que seria de nós se não quiséssemos chorar de tanto rir do que foi penoso e uma desgraça no passado, mas se tornou a graça no momento presente? Mas em resumo, o que seria de nós se não fosse pela busca dessa tal satisfação e do contentamento ou qualquer outro objetivo tão utópico o quanto? Lembrando que felicidade não se busca, é consequência. Mas por que procurar por respostas que nunca virão? Por que perguntar? ...Se o silêncio que reina, pode ser a resposta de tudo? Você não precisa querer saber, pois pode acabar se decepcionando com a verdade que é bonita, mas dói que é uma beleza. Imagine descobrir que tudo foi uma doce ilusão que amargou. E que agora é agridoce. Na vida você pode arriscar aos poucos, até o que menos interessa e o que mais importa. Ou pode ficar observando tudo com um ar de quem acha as questões existenciais insignificantes e uma perda de tempo, se preocupando em não exteriorizar o quão fundo vê que suas horas estão sendo desperdiçadas e observando todos seguirem suas vidas do melhor jeito que se permitem, enquanto sente que perde tempo e ganha despesas porque correr atrás do tempo perdido será uma obrigação, onde os seus ideais ficaram lá atrás parecendo que estão mais longe demais de serem alcançados. E você quer continuar, tentando. Dane-se quanto tempo leve, só não deixe que seus sonhos fiquem pesados de carregar. Deixe que seus objetivos sejam leves como uma nuvem e uma folha seca de outono, não sinta que são pesados como o céu e um tronco de árvore. Você escolhe, a vida é sua. A escolha é sua e cada escolha é um risco que se corre. Não espere por nada mesmo que certas coisas estejam destinas a acontecer, não se preocupe, irá acontecer. Não se desespere com tudo, pois nenhum empecilho pode ser maior do que a sua vontade. E se faltar desejo, alimente-se do que lhe der prazer.

Um comentário:

  1. Se o mar adormecer em desvario
    As ondas não mais se formarem
    Se as gaivotas se perderem do ninho
    As árvores mais altas tombarem

    Se o dia não encontrar a manhã
    As nuvens deixarem de chorar água pura
    Se as pedras da ilha roubarem a cor ao verde
    As tuas palavras deixarem de ser raiva dura


    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir