sábado, 11 de maio de 2013

Pra você.


Continuo escrevendo pra você. Se lembra quando eu disse que faria isso? Disse que escreveria porque sabia que nossa história seria marcante, que restariam lembranças e por isso não existiu fim, pois você sempre estará presente no laço que criei de tanto que me marcou. E - como se não bastasse, lembro de você todo dia sem falta. Não sei se você lembra de tudo o que eu disse, mas se ler este pequeno texto saberá que estou falando de ti. Então, por favor, quando terminar de ler isso venha correndo me dizer porque preciso saber que você também se lembra do que nós tivemos. Se bem que, eu sei que sim...

2 comentários: