domingo, 21 de fevereiro de 2010

Há dias...

Há dias em que você quer ver o mundo, mas o mundo não quer ver você. Há dias em que você quer mandar meio mundo a puta que pariu. Há dias em que você está se fechando para o mundo, mas o mundo se abre para você. Há dias em que você não quer abrir seus olhos para ver, fechar a boca para não falar e os ouvidos para não ouvir. Há dias em que você sorri para todos, mas ninguém sorri de volta pra você. Há dias em que você não está para ninguém, mas os alguéns estão para você. Há dias em que você quer que o mundo se exploda, mas antes você precisa salvar tudo aquilo que te faz viver e seguir sem titubear... Nem que seja algum motivo pequeno nessa merda de mundo para viver. Por que tem algo mais devastador do que viver sem motivação?